Arquivo de ‘Crônicas’

Os sons que a cidade perdeu

Posted: 17th junho 2020 by Vanessa Barbara in Crônicas
Tags: , , ,

Itaú CulturalBrechas Urbanas, jun. 2020 por Vanessa Barbara No mês passado, a Biblioteca Pública de Nova York lançou um álbum on-line intitulado Missing Sounds of New York. A compilação, criada em parceria com uma agência de publicidade, consiste em oito faixas de ruídos urbanos que andam escassos neste período de isolamento social. O disco começa, por exemplo, […]

As locutoras de quarentena

Posted: 23rd maio 2020 by Vanessa Barbara in Crônicas
Tags: , , ,

Itaú CulturalBrechas Urbanas, mai. 2020 por Vanessa Barbara Tenho enorme admiração por esses tenores que cantam ópera nas janelas para entreter os vizinhos durante a quarentena. Há ainda aquelas pessoas que tocam instrumentos musicais (“Ode à Alegria”, de Beethoven, é uma opção comum), dão aulas de ginástica, projetam filmes nas fachadas, parabenizam coletivamente os aniversariantes […]

Expedição à padaria

Posted: 1st maio 2020 by Vanessa Barbara in Crônicas
Tags: , ,

Itaú CulturalBrechas Urbanas, abr. 2019 por Vanessa Barbara Na segunda-feira dia 6 de abril, depois de 14 dias de total isolamento, saí de casa para comprar pão. Com o coração acelerado e o passo meio trôpego, percorri os 290 metros que separam minha residência da padaria da esquina. Pensei imediatamente em Charles Darwin singrando os […]

Força, mamãe

Posted: 22nd abril 2020 by Vanessa Barbara in Crônicas, esquinas, Revista piauí, Revista Piauí
Tags: , ,

Revista piauíN. 163 – abril 2020 por Vanessa Barbara Estamos no sétimo dia de quarentena. Ao acordar, fico sabendo que há algum tipo de discórdia entre o dinossauro verde e o Senhor Cabeça de Batata. Não consegui obter muitos detalhes, mas tudo indica que houve empurrões e que alguém está chorando. É de se esperar […]

Cronista de varandas

Posted: 18th março 2020 by Vanessa Barbara in Crônicas
Tags: ,

Itaú CulturalBrechas Urbanas, mar. 2020 por Vanessa Barbara Eram 4 da manhã de uma sexta-feira, mais ou menos um ano atrás. Eu estava (invariavelmente) ninando o bebê na varanda do meu apartamento, no 14o andar, tentando não colapsar de sono e de tédio. Então vejo um motociclista passar velozmente pela rua de cima. Ele dá meia-volta, […]

Itaú CulturalBrechas Urbanas, fev. 2020 por Vanessa Barbara Há anos circula pela internet o vídeo “Caminhando com Tim Tim”, que resume bem o que é andar pelas ruas da cidade na companhia de uma criança pequena. A artista Genifer Gerhardt descreve a venturosa jornada de Valentim, de 1 ano e 4 meses, até a “casa da […]

O sol e a cidade

Posted: 22nd janeiro 2020 by Vanessa Barbara in Crônicas
Tags: , , ,

Itaú CulturalBrechas Urbanas, jan. 2020 por Vanessa Barbara Reza a lenda que existe uma brincadeira popular no Sesc 24 de Maio, no centro de São Paulo (SP), que consiste em se aproximar das beiradas do edifício, espiar para fora e ficar se perguntando: “É pedaço de céu ou pedaço de prédio? É céu ou pedaço […]

Perdidos de nascença

Posted: 29th dezembro 2019 by Vanessa Barbara in Crônicas
Tags: , , , ,

Itaú CulturalBrechas Urbanas, dez. 2019 por Vanessa Barbara “Nem todos os que vagueiam estão perdidos”, já diria o escritor J. R. R. Tolkien. Só que muitos estão. Sobretudo se considerarmos o meu círculo de conhecidos. De acordo com um universo amostral absolutamente aleatório que acabo de invocar para esta crônica, eu diria inclusive que nós, […]

Mães à solta

Posted: 15th novembro 2019 by Vanessa Barbara in Crônicas
Tags: , , ,

Itaú CulturalBrechas Urbanas, nov. 2019 por Vanessa Barbara É comum vê-las olhando para o céu sem motivo aparente, enquanto comprimem os olhos por causa da claridade. Elas têm um aspecto físico que oscila entre o anêmico e o dramático, mas sorriem muito e podem parecer eufóricas ao deparar com uma pomba ou um vendedor de […]

Anacronismo em família

Posted: 25th outubro 2019 by Vanessa Barbara in Crônicas
Tags: , , ,

Itaú Cultural Brechas Urbanas, out. 2019 por Vanessa Barbara Em meados da década de 1950, meu avô foi contratado como auxiliar de serviços gerais no recém-inaugurado Parque Ibirapuera. Na função de vigia noturno, uma de suas principais atribuições era percorrer o parque de bicicleta acendendo todas as luzes ­– uma a uma, como eu gosto […]