A cartografia de O grande Gatsby

Postado em: 20th setembro 2011 por Vanessa Barbara em Blog da Cia. das Letras, Crônicas
Tags: , ,

Blog da Companhia das Letras
20 setembro 2011, 10:46 am

Por Vanessa Barbara


(Clique na imagem para vê-la ampliada)

O mapa acima foi cuidadosa e atabalhoadamente confeccionado pela tradutora deste romance, com vistas a se localizar na geografia mítica de Fitzgerald, que mistura logradouros inventados à cartografia real de Long Island.

O objetivo é ajudar o leitor a se situar nas andanças dos personagens pela região e no caminho até Manhattan.

A fictícia “West Egg” do livro, onde moram Gatsby e Nick Carraway, corresponde a Kings Point, na península de Great Neck. A badalada “East Egg”, onde vivem os Buchanan, corresponde a Sands Point, na península de Cow Neck.

O lendário Vale das Cinzas, onde se localiza a oficina de George Wilson e onde ocorre o acidente, é uma região comprida e desolada, conhecida na época como o Depósito de Corona, no Queens, onde eram descartadas as cinzas industriais das fornalhas de carvão, além de lixo e esterco. Em 1936, a área foi revitalizada para a Feira Mundial de 1939-40, e hoje abriga o Flushing Meadows Corona Park (onde até há pouco tempo havia o Shea Stadium).

Pode-se dizer que a oficina de Wilson no Vale das Cinzas fica próxima ao ponto onde a rodovia e a ferrovia cortam o rio Flushing. Em sua geografia mítica, Fitzgerald teve de aproximar o traçado de ambas para poder situar a oficina à beira da estrada e a pouca distância da ponte levadiça que define a parada dos trens.

Recomenda-se que o leitor imprima este garboso mapa de proporções razoavelmente fidedignas a fim de anexá-lo à última página do livro, podendo se sentir à vontade para percorrer os passos dos personagens com a ajuda de peões coloridos, feijões ou carrinhos do Jogo da Vida.

Observação: Como base, usei uma foto de satélite gentilmente fornecida pelo Google Earth, transcrita em papel vegetal com canetinhas e lápis de cor. Fica o agradecimento a Jennifer Roberts, professora de literatura americana da Point Loma High School, em San Diego, Califórnia, que postou em seu blog este belo mapa, que adotei como esboço.

* * * * *

Vanessa Barbara tem 28 anos, é jornalista e escritora. Publicou O Livro Amarelo do Terminal (Cosac Naify, 2008, Prêmio Jabuti de Reportagem), O Verão do Chibo (Alfaguara, 2008, em parceria com Emilio Fraia) e o infantil Endrigo, o Escavador de Umbigo (Ed. 34, 2011). É tradutora e preparadora da Companhia das Letras, cronista da Folha de S.Paulo e colaboradora da revista piauí. Ela contribui para o blog com uma coluna mensal.